Está aberto o Concurso Público de Ingresso para o Regime Geral e Carreira Docente Universitária na Escola Superior Pedagógica do Namibe

Concurso Público de Ingresso

EDITAL Nº. 01/GD-ESPdN/UMN/2019

ANÚNCIO DE ABERTURA DE CONCURSO PÚBLICO DE INGRESSO (ADMISSÃO)

À luz do Despacho n.º 42/2019 de 01 de Fevereiro, de Sua Excelência Senhora Ministra do Ensino Superior, Ciência, Tecnologia e Inovação e do Despacho n.º 20/2019 de 15 de Fevereiro do Gabinete do Magnífico Reitor da Universidade Mandume Ya Ndemufayo, faz-se saber aos interessados que está aberto o Concurso Público de Ingresso para o Regime Geral e Carreira Docente Universitária na Escola Superior Pedagógica do Namibe, no prazo de 20 dias a contar da data da publicação do presente aviso nos órgãos de comunicação social ou através da publicação por outro meio considerado adequado, nos termos dos artigos 22º, 23º e 26º do Decreto Presidencial nº 191/18, de 8 de Agosto; da alínea b) do n.º 1 do Artigo 19.º do Decreto Presidencial n.º 102/11 e do Decreto Presidencial n.º 88/19 de 21 de Março.

EMPREGO NO NAMIBE

Estão disponíveis Dezoito (18) vagas de provimento para as categorias do Regime Geral (Técnico Superior de 2.ª Classe – 2, Técnico de 3.ª Classe – 2) e para as categorias da Carreira Docente Universitária (Professor Auxiliar – 5, Assistente – 4, Assistente Estagiário – 5). Os interessados deverão remeter as candidaturas no Gabinete de Recursos Humanos da Escola Superior Pedagógica do Namibe, sito em Moçâmedes, Centralidade do Bairro 5 de Abril, nas horas normais de expediente.
1- REGIME GERAL:
1.1- Requisitos exigidos para a Categoria de Técnico Superior de 2.ª Classe:
a) Possuir o Grau académico de Licenciado em Ciências de Educação ou em Gestão de Recursos Humanos; Experiência de trabalho no Ensino Superior há mais de 5 anos; Experiência no trabalho com o SIGFE; Experiência na gestão de Recursos Humanos em Instituições públicas.
1.2- Requisitos exigidos para a Categoría de Técnico de 3.ª Classe:
a) Possuir o Grau académico de Bacharel em Contabilidade Gestão ou em Ciências de Educação; Experiência de trabalho no Ensino Superior há mais de 5 anos; Experiência no trabalho com o SIGFE; Experiência na área de Informática.

2 – CARREIRA DOCENTE UNIVERSITÁRIA:

2.1- Requisitos exigidos para a Categoria de Professor Auxiliar:
a) Possuir o Grau académico de Doutor em Ciências Pedagógicas ou em Teologia; Experiência em docência no Ensino Superior há mais de 5 anos; Autor de publicações; Experiência em ministrar cursos, dirigir projectos de investigação científica e orientar Trabalhos de Fim de Curso; Autor de publicações científicas; Comunicações em eventos científicos e estar habilitado para leccionar uma das disciplinas seguintes: Física, Matemática, Biologia, Língua Portuguesa e Psicologia.
2.2 – Requisitos exigidos para a Categoria de Assistente:
a) Possuir o Grau académico de Mestre em Ciências da Educação; Experiência em docência no Ensino Superior há mais de 5 anos; Experiência em orientar Trabalhos de Fim de Curso; Comunicações em eventos científicos e estar habilitado para leccionar uma das disciplinas seguintes: Matemática, Química, Geografia e Pedagogia.
2.3- Requisitos exigidos para a Categoria de Assistente Estagiário:
a) Possuir o Grau académico de Licenciatura em Ciências de Educação; Experiência em docência no Ensino Superior há mais de 3 anos; Ter participado em eventos científicos e estar habilitado para leccionar uma das disciplinas seguintes: Matemática, Química, Física, Biologia e Pedagogia. b) Ter no mínimo média final de 14 valores.
3 – Para o Concurso Público de Admissão os candidatos deverão reunir outros requisitos, tais como:
a) Ser cidadão nacional;
b) Requerimento dirigido ao Magnífico Reitor da UMN;
c) Bilhete de Identidade, acompanhado de uma fotocópia;
d) Certificado de habilitações literárias e uma fotocópia;
e) Ter homologação ou reconhecimento de Estudos pelo INAAREES;
f) Documento de Regularização militar (para indivíduos do género masculino);
g) Curriculum Vitae actualizado, devendo constar em anexo os documentos comprovativos das competências e habilitações profissionais.

Em caso de admissão serão exigidos os restantes documentos.
5 – O Corpo de Júri para o provimento das vagas na Carreira Docente Universitária e para o Regime Geral é composto por 3 (Três) membros, sendo:
Presidente – Ph.D Agostinho Francisco Cachapa – Professor Catedrático Vice – Presidente – Ph.D José Caluyna Pedro- Professor Associado; Vogal – Ph.D Frederico Flávio Muafeca– Professor Auxiliar

Read Previous

A ITA Está Recrutar Gestão de Negócios

Read Next

Empresa Angolana de Mobilidade e Tecnologia Está a recrutar Gestor de Projecto